EnglishPortugueseSpanish
EnglishPortugueseSpanish

Blog EPB

O Governo Federal lançou, no dia 22/06/21, o Plano Safra 2021/2022 com R$ 251,22 bilhões para incentivar o desenvolvimento agropecuário em bases sustentáveis. Segundo a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, o novo Plano Safra deixará o agro brasileiro ainda mais competitivo, reforçando as práticas de uma produção cada vez mais verde, inclusiva e próspera. 

Para o próximo ciclo, o Plano Safra fortaleceu o Programa para Redução de Emissão de Gases de Efeito Estufa na Agricultura (Programa ABC), com uma ampliação de 101%, abrangendo o financiamento à produção de bioinsumos. E, o Extrato Pirolenhoso está intimamente relacionado às bases sustentáveis do novo Plano Safra. 

O Extrato Pirolenhoso, EPB, é um produto orgânico resultante da pirólise da madeira, que apresenta em sua composição mais de 200 compostos provenientes do próprio tecido vegetal. 

Sua aplicação na produção de bioinsumos e biofertilizantes agrega qualidades únicas, contribuindo com a estabilização, quelatização e biodisponibilidade dos nutrientes, bem como reduzindo as perdas. 

E o que são bioinsumos?

Os bioinsumos são produtos de origem vegetal, animal ou microbiana, de menor impacto econômico e ambiental, que conferem benefícios para o crescimento, desenvolvimento e mecanismo de resposta de animais, plantas, microrganismos. 

A classificação abrange desde inoculantes, promotores de crescimento de plantas, biofertilizantes, produtos para nutrição vegetal e animal, extratos vegetais, defensivos feitos a partir de micro-organismos benéficos para controle de pragas, parasitas e doenças, como fungos, bactérias e ácaros, até produtos fitoterápicos ou tecnologias que têm ativos biológicos na composição, seja para plantas e animais, como para processamento e pós-colheita.

Valdecir Queiroz, especialista em agricultura orgânica da empresa Terra Ecológica e Consultoria, utiliza o Extrato Pirolenhoso no manejo de diversas culturas há mais de 20 anos. Dentre as funções utilizadas por ele, Valdecir destacou a “redução de pH, nutrição, fitossanidade, compostagem, formulação de organominerais e redução do uso de defensivos químicos em até 20% com uso de 2 ml de EPB por litro de água.”  Nesta mesma dosagem, Queiroz reduz dois graus de pH na água, e diz ser um excelente repelente para diversos tipos de insetos.

Segundo Queiroz  “sua composição de ácidos, inclusive ácido acético, além de ser um repelente para algumas pragas, tem uma ação fungistática para alguns fungos. Juntamente com adubos químicos, melhora a disponibilidade dos nutrientes e ativa a biota do solo com uso de 2 litros/ha/mês”. Informou também que em solos alcalinos essa dosagem pode ser de 1 litro/ha/semana.

Valdecir Queiroz que tem vasta experiência na  produção dos Bioinsumos e biofertilizantes, disse que o Extrato Pirolenhoso é aplicado nas dosagens de 1 litro para cada 500 litros de calda.

Valdecir Queiroz – LinkedIn

Consultor em Agricultura Orgânica/biodinâmica e gestão de projetos. Diretor da Terra Ecológica Consultoria.

Compartilhe esse post:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Leia também outros artigos:

Informação Técnica sobre Extrato Pirolenhoso

Técnicas para Produção de Extrato Pirolenhoso para Uso Agrícola

Ministry of Agriculture Forestry and Fisheries of Japan. Japanese Agricultural Standard of Organic Agricultural Products - Notification No. 59 of the Ministry of Agriculture, Forestry and Fisheries of 20 January 2000; 2000.

Potential of pyrolysis liquids to control the environmental weed Heracleum mantegazzianum

Composition, Ageing and Herbicidal Properties of Wood Vinegar Obtained through Fast Biomass Pyrolysis

Dioxinas e Furanos: origens e Riscos - Revista de Saúde Pública

Composition, Ageing and Herbicidal Properties of Wood Vinegar Obtained through Fast Biomass Pyrolysis